Eu tenho tanto pra lhe falar

PrintFacebookTwitterGoogle+TumblrStumbleUponWordPress

Desde sexta feira hoje é a primeira vez que encosto em um computador, hora porque me faltavam forças, hora porque me sobravam dores, mas na maioria do tempo, simplesmente por não poder abaixar a cabeça, ainda estou assim, mas resolvi não postar pelo celular. Quero tirar o atraso.

Vou fazer como o Jorge, do Em nome dos pais de Múltiplos e fazer 2 posts em 1.


Tão perto e tão longe

Todos sabem que carregar minha pelota no colo é das das coisas que mais me diverte, gritar e correr com ela também, nós somos a parte barulhenta da casa.

20130810_152434Antes de fazer a cirurgia, uma das primeiras recomendações era evitar carregar peso e não abaixar a cabeça. São coisas completamente distantes para minha realidade, quer dizer, eram. Fiz a bendita cirurgia e logo que cheguei em casa, a pequena estava olhando para mim, com um olhar crítico, como se estivesse me analisando inteiro.

“_ Ei, não vai gritar? E aquela corrida de minhocas que a gente faz no chão? Paaai, paiiiêê!”

Foi por aí, só consegui fazer uns carinhos e mais nada, muito estranho. No dia seguinte, mesmo sem poder resolvi pegar a bolinha e fazer uma festinha. Não passei do ato de pegá-la, o nariz sangrou igual o Rio Nilo com Moisés.

Hoje ela acordou, subiu em mim e deitou a cabeça. Fofa! Quase chorei né.

Acabei de tirar os pontos e fui fazer meu levantamento de peso paterno, achando que sou o Wolverine em sua poderosa recuperação. Sangue again.

Percebam pela foto como ela também está sofrendo. O brinquedo predileto está na revisão.

 

Eu disso há um ano…

Não foi muito difícil de lembrar da foto, mas do que tinha descrito no texto. Há um ano atrás, eu publiquei um post sobre a minha cobaia para da gravidez. A Julinha, minha sobrinha afilhada postiça, hoje já está quase completando 2 anos, e vejam só, não apenas aprendi tudo que estava descrevendo no relato como consegui uma foto muito parecida da Laura, no mesmo lugar. A foto dela foi tirada no dia do post.

Proporcionalmente a Juju é menor que a Laura, mas até a posição da cabeça está parecida.

Laboratórios são bem positivos!
wpid-20131021_110837.jpgJulia

Ainda me recupero…

FIMPOST2

Estudante de Publicidade e Propaganda, descobriu na gravidez um mundo inteiro de conquistas e novas realizações. Há um ano mantém o blog Coisa de Pai onde relata todas as aventuras da paternidade falando basicamente sobre amor. Já publicou textos no site Cantinho Pais e Filhos e site da Revista Pais&Filhos.

2 Comments

on “Eu tenho tanto pra lhe falar
2 Comments on “Eu tenho tanto pra lhe falar
  1. Enquanto voce pode publicar mais de uma publicação, eu tenho de publicar duas em uma rs.
    Ah, eu me perdi… que cirurgia? Perdi algo ou meu déficit de atenção está pior? hehe abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

COMENTE COM O FACEBOOK: